Noticia

Jesus no videogame: empresa cria jogo que permitirá operar milagres e andar sobre as águas

Novo jogo de videogame criado contando a história da vida de Jesus, permitirá ao jogador atuar como o próprio nazareno, cumprindo as missões como operar milagres e interagir com mais de 60 personagens descritos na Bíblia Sagrada.

O estúdio SimulaM está em fase final de desenvolvimento do jogo I Am Jesus Christ, descrito como um simulador que coloca o jogador no papel de Jesus Cristo. Recentemente, os desenvolvedores divulgaram um vídeo sobre detalhes, mostrando a cena que Jesus caminha sobre as águas e também a cura de um paralítico.

Como o jogo se dedica a mostrar desde o nascimento até Sua morte e ressurreição, cenas icônicas como a tentação por satanás no deserto também foram incluídas. De acordo com informações do portal Gamevicio, ao todo o jogo terá 10 horas de atividades a serem cumpridas.

A divulgação do jogo convida a “experimentar a vida de Cristo em primeira mão, desde seu nascimento até a crucificação e ressurreição”. Houve preocupação dos desenvolvedores em localizar as missões do jogo de forma precisa no aspecto geográfico, mostrando no mapa os locais exatos onde Jesus esteve.

“Explore recriações precisas de locais importantes na Terra Santa, incluindo Jerusalém e a Galiléia; Realize mais de 30 milagres incríveis, incluindo alimentar 5.000 pessoas e caminhar sobre as águas; Receba o poder do Espírito Santo e aumente seu poder por meio da oração; Interaja com mais de 60 personagens, incluindo os discípulos de Cristo. Recrie eventos únicos, incluindo A Última Ceia”, convida uma nota de divulgação.

O lançamento de I Am Jesus Christ está previsto para o segundo semestre de 2021 através da loja Steam.

Bíblia & videogame

Esse não é o primeiro jogo de videogame que é desenvolvido com foco em personagens bíblicos e um certo grau de fidelidade ao texto das Escrituras. Em 2014 os irmãos Ruben e Efraim Meulenberg anunciaram que lançariam um título contando a trajetória de Davi, do tempo como pastor de ovelhas ao reinado de Israel.

“Nós sabemos que no meio dos pastores, há um grupo que são jogadores. Eu acho que o estigma negativo é quase inexistente, e agora as pessoas querem algo que vai ser de alta qualidade”, disse Ruben na ocasião.

Os desenvolvedores entendiam que tudo que foi oferecido no mercado em termos de entretenimento com a bandeira cristã não atingiu as expectativas do exigente público de games: “Eu acho que a maioria dos jogos cristãos foram frustrantes e as pessoas dizem ‘por favor, não me dê mais um daqueles’. Mesmo os cristãos. Não é que eles não querem um jogo cristão, eles simplesmente não querem mais um jogo cristão ruim. Acho que o interesse por jogos cristãos é superior à dos jogos em geral”, acrescentou Ruben.

O jogo foi lançado para as plataformas Windows, Linux e OS, com visual parecido com o de títulos como Limbo e Braid, que foram produzidos de maneira independente e fizeram sucesso com o público.

Para saber mais sobre as noticias. Clique Aqui!

Fonte: Gospel+

Related posts

Pastor mantém reuniões de orações diárias. Mesmo em tempo de Pandemia

Thiago Nogueira

Em breve novo filme ‘Deus não está morto 4’ começará a ser filmado

Filipe Miguel

Homem que estava bebendo, interrompe culto e corre atrás do pastor com uma faca

Filipe Miguel

Deixe um comentário