Destaque

Após morte cerebral, jovem surpreende médicos e volta a respirar: “Um milagre”

Lewis Roberts foi declarado com ‘morte cerebral’ após ser atropelado por uma van e ter sofrido ferimentos graves na cabeça.

Lewis Roberts, 18 anos, foi socorrido e levado para o hospital em uma ambulância aérea após ter sido atropelado por uma van na tarde de sábado, 13 de março, em Leek, Staffordshire, um condado da Inglaterra.

Internado no Hospital da Universidade Royal Stoke, a situação do ex-aluno da Leek High School se agravou e a corrida pela vida de Lewis foi intensificada. Para ajudar a família com as despesas médicas foi feito um pedido que levantou 1.800 libras.

“Em 13 de março, Lewis sofreu ferimentos catastróficos na cabeça quando foi atropelado por uma van em sua cidade natal, Leek, e foi levado ao hospital, onde foi submetido a uma cirurgia de emergência”, informou a organizadora do Gofundme, Chloe Roberts.

Apesar de todos os esforços, Lewis acabou tendo a morte cerebral declarada à família, contou a irmão do rapaz.

“Quatro dias depois, os médicos deram a notícia à nossa família de que nada mais poderia ser feito, pois ele infelizmente havia sofrido uma ‘morte do tronco encefálico’ e infelizmente falecido”.

Jade Roberts postou um vídeo ao lado da cama do irmão no hospital em 18 de março – onde o adolescente começa a respirar sozinho, como um sinal de esperança. Gravando a máquina monitorando sua respiração, ela disse: “Você está pronto Lew, um, dois, três respire.”

O dispositivo então mostrou uma linha marrom e ela gritou: “Dê um tempo, garoto inteligente.” Outra pessoa fora da câmera acrescentou em meio às lágrimas: “Ele apenas se contraiu”.

Doação de órgãos

“Depois de nos despedirmos de Lewis, uma família próxima corajosamente concordou que seus órgãos fossem doados para ajudar a vida de outras sete pessoas”, explicou.

Após a família ter concordado com a doação e horas antes de ser submetido a uma operação para a retirada dos órgãos, Lewis começou a acordar e piscar. Isso aconteceu quatro dias após o trágico acidente e de o jovem ter recebido o diagnóstico de morte cerebral.

“Devido a isso, tivemos que esperar até as 7h da manhã seguinte. Se tivéssemos dito ‘não’, eles teriam desligado o suporte de vida de Lewis naquele momento.

“Tínhamos ido para casa descansar um pouco, mas voltamos ao hospital à meia-noite. “Eu estava falando com Lewis e foi quando notei as quatro linhas marrons que esperávamos dias no monitor”, descreveu Jade.

Milagre

O adolescente começou a respirar sozinho, apesar de ter “chance zero” de sobreviver, conta a irmã.

Lewis foi salvo e está ficando mais forte a cada dia após o “milagre” que deixou sua família mais esperançosa do que nunca.

Em um vídeo, sua irmã escreveu: “Ele foi oficialmente certificado como morto ontem, e sua morte foi até mesmo relatada ao legista. Ficamos muitos dias esperando uma linha marrom aparecer, para mostrar que ele respirava, mas não tínhamos nada”.

“Disseram-nos que não, deve ser um erro, impossível. Voltei para casa para um telefonema … ‘Lewis está respirando agora’. Seus olhos estão dilatando, o que antes não tínhamos nada”, contou.

Segunda vida

Jade contou que aquela reação deu a Lewis mais tempo antes de sua máquina de suporte de vida ser desligada. Poucas horas antes da cirurgia de Lewis, ele começou a respirar novamente por conta própria.

“Um milagre que qualquer família poderia desejar depois de ouvir que ele não tinha chance de sobreviver”, declarou Jade.

“Depois disso, Lewis continuou a progredir. Ele começou a reagir aos testes de dor, movendo seus membros por conta própria, e também movendo sua cabeça de um lado para o outro, piscando e também movendo sua boca”.

“A cada dia, esse menino está ficando mais forte. Gostaríamos apenas de dizer, como família, muito obrigado e estamos muito gratos pelas orações de todos e pelos melhores votos para Lewis”, disse a irmã, que pediu mais orações até que o jovem esteja completamente recuperado.

Fonte: Guiame

Related posts

Gabriela Gomes lança o EP “SL.27.4” e o clipe de “Tudo”

Júlia Silva

Selo do rei bíblico Jeroboão é autenticado por cientistas em Israel

Filipe Miguel

Homem ameaça matar pastor que orava no monte, mas policial evangélico reage

Thiago Nogueira

Deixe um comentário