Destaque Noticia

‘Estrela de Belém’ após 800 anos estará visível no céu durante o natal pela primeira vez.

Um alinhamento planetário raríssimo podendo ocorrer no próximo dia 21 de Dezembro, sendo assim oferecendo para quem olhar para o céu noturno testemunhar o brilho da “Estrela de Belém” que foi vista pelos três reis magos na ocasião do nascimento de Jesus.

Esse evento – que não ocorre há quase 800 anos – é o alinhamento de Júpiter e Saturno em um fenômeno chamado “conjunção”, segundo os cientistas. De maneira simplificada, os dois planetas parecerão prestes a colidir, o que os fará brilhar intensamente no céu, como se fossem um “planeta duplo”.

Conforme informações da Forbes Media, o astrônomo da Rice University, Patrick Hartigan, explicou que alinhamentos menores entre esses planetas ocorrem a cada 20 anos, mas os planetas aparecerem tão próximos um do outro é algo “excepcionalmente raro”, e tal evento provavelmente não acontecerá novamente até 15 de março de 2080.

“Você teria que voltar até pouco antes do amanhecer de 4 de março de 1226 para ver um alinhamento mais próximo entre esses objetos visíveis no céu noturno”, disse Hartigan. Esse evento de alinhamento com brilho excepcional ficará visível por uma semana.

“Embora os observadores das estrelas possam apreciar o espetáculo antes que ele desapareça, para os cristãos, uma experiência como essa é apenas um vislumbre das maravilhas que Deus pode realizar”, comentou a jornalista Samantha Kamman

Isso deve inspirar esperança neste ano tumultuado. Muitas pessoas estão preocupadas não apenas com sua saúde física, mas também com sua saúde mental, pois várias restrições estaduais mantêm empresas e igrejas fechadas e seus entes queridos separados uns dos outros”, acrescentou Samantha.

Como no evangelho de Matheus descreve que os magos se guiaram pela chamada “estrela de Belém”, que brilhava de maneira distinta das demais, para chegar à manjedoura onde Jesus veio ao mundo.

“Depois de ouvirem o rei, eles seguiram o seu caminho, e a estrela que tinham visto no Oriente foi adiante deles, até que finalmente parou sobre o lugar onde estava o menino. Quando tornaram a ver a estrela, encheram-se de júbilo. Ao entrarem na casa, viram o menino com Maria, sua mãe, e, prostrando-se, o adoraram. Então abriram os seus tesouros e lhe deram presentes: ouro, incenso e mirra” –Mateus 2:9-11.

Para saber mais sobre as notícias. Clique aqui!

Fonte: Gospel+

Related posts

Pr. Hernandes Dias Lopes incentiva cristãos a ‘viverem a vida com entusiasmo’

Thiago Nogueira

Perseguição religiosa deve aumentar na China e Índia em 2021, diz pesquisa

Júlia Silva

Em busca de Jesus “O Evangelho traz liberdade”, jovem foge da Coreia do Norde.

Filipe Miguel

Deixe um comentário